Ex-craque francês critica individualismo de Neymar no PSG: “Tem que jogar para Cavani”

Neymar e todo o time do PSG são alvos de constantes críticas após a derrota para o Liverpool por 3 a 2 na última terça-feira, pela primeira rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões.
Compartilhe:

O ex-craque francês Jean-Pierre Papin disparou contra o individualismo do camisa 10 e também de Mbappé.

“Existem três grandes jogadores na frente. Agora quem é capaz de servir o outro? Número 9, aquele que marca os gols, é o Cavani. Kylian Mbappé e até Neymar têm que jogar por ele”, declarou Papin, em entrevista ao jornal Le Parisien.

O jogo coletivo do Paris Saint-Germain também foi alvo de críticas do ex-jogador, que conquistou a Bola de Ouro em 1991.

“Há uma diferença entre as estrelas que vemos no estrangeiro e as nossas. Temos a impressão que na França, isso não é gerenciável. Por que em Liverpool os caras ‘ralam o traseiro no chão’ e aqui não? Quando Neymar estava jogando em Barcelona, ele marcava de vez em quando”, afirmou.

“No futebol moderno, todo mundo trabalha. Você não consegue se impor se os atacantes não fazem um mínimo esforço de recomposição”, completou Papin.
Compartilhe:

Esporte