Dagoberto marca três gols em goleada do Londrina e comemora: "Noite abençoada"

Atacante faz "hat-trick" e é decisivo na goleada sobre do Tubarão sobre o Atlético-GO, por 4 a 1, pela Série B. Ele chega a 10 gols em nove jogos e é um dos artilheiros da competição
Compartilhe:

Aos 35 anos, Dagoberto mostrou que está voando baixo com a camisa do Londrina. Na noite desta sexta-feira, o atacante marcou três gols na vitória do Tubarão sobre o Atlético-GO, por 4 a 1, no Estádio do Café, pela 24ª rodada da Série B do Brasileiro.

Com o chamado "hat-trick", Dagoberto tem agora 10 gols marcados em nove jogos disputados pelo Londrina na Série B. Ele é um dos artilheiros da competição, ao lado de Lucão, do Goiás, e Gustavo, do Fortaleza.

- Estou muito feliz por estar ajudando, também pela situação que a gente se encontra, subindo na tabela. Glória a Deus por mais uma noite abençoada - disse Dagoberto, na saída do gramado.

A última vez que Dagoberto tinha marcado três gols em uma partida foi em junho de 2010, na vitória do São Paulo por 3 a 1 sobre o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro.

- É muito bom, estou muito feliz. Eu louvo muito a Deus por esse momento abençoado que estou vivendo. O time me procura muito em campo, isso é bom. Hoje eu tinha mais é que chutar ao gol mesmo, porque ela estava entrando - resumiu.

Apesar da atuação de gala, Dagoberto acabou recebendo um cartão amarelo ainda no primeiro tempo, ao pedir pênalti. Aos 12 minutos, ele invadiu a área, driblou Jonathan e caiu. O árbitro Péricles Bassols não marcou a penalidade e ainda deu o cartão ao jogador por reclamação (veja abaixo). Foi o terceiro amarelo de Dagoberto, que vai desfalcar o Londrina na próxima rodada, contra o CSA, fora de casa.

- Eu conversei com o Bassols, eu o respeito muito, acho que é um dos melhores árbitros que temos. Ele me falou da interpretação dele, eu respeito, porém discordo. Não tem como eu chutar alguém na área se eu dou uma pedalada e um tapa no fundo. Estou jogando há 20 anos, já sofri pênaltis assim, mas respeito a opinião dele. Que bom que a gente fez os gols depois - comentou.
Compartilhe:

Esporte