Canudos de plástico não podem mais ser fornecidos por comerciantes

Medida entrou em vigor em Mirante do Paranapanema.
Compartilhe:
Agora é lei em Mirante do Paranapanema (SP), os comerciantes não podem mais fornecer canudos plásticos em estabelecimentos comerciais da cidade

Depois de criada, sancionada na Câmara de Vereadores e aprovada na prefeitura, os estabelecimentos não podem mais fornecer canudos de plásticos aos clientes. O objetivo é reduzir a quantidade desse material que vai para aterros e até para lugares impróprios.

No lugar dos canudos de plástico poderão ser fornecidos canudos em papel reciclável, material comestível, ou biodegradável, embalados individualmente em envelopes hermeticamente fechados feitos do mesmo material.

Os canudos compõem 4% de todo o lixo plástico no planeta. Além de poluírem os oceanos, boa parte desse material, ao se desintegrar em partes menores, termina na cadeia alimentar seres, acarretando na morte de diversas espécies marinhas como peixes e tartarugas. 

A vida útil dos canudos geralmente é o tempo de se tomar um suco ou um refrigerante, ou seja, extremamente curta, em torno de 10 minutos. Tendo em conta que apenas a menor parte do plástico que utilizamos no dia a dia é reciclada, uma quantidade considerável é destinada aos aterros sanitários e muita coisa acaba sendo desviada no meio do caminho, tendo destino os corpos hídricos e os oceanos.
Compartilhe:

mirante do paranapanema