TWITTER PEDE QUE USUÁRIOS MUDEM SENHAS APÓS FALHA NO SISTEMA

Empresa diz que senhas foram expostas nos seus computadores, mas que não houve roubo ou mau uso, mas pede que 330 milhões troquem senha
Compartilhe:
O Twitter pediu que seus mais de 330 milhões de usuários mudem suas senhas depois que uma falha expôs as informações de alguns usuários em texto simples em sua rede interna de computadores, informa a agência Reuters.

Em seu blog de suporte ao usuário, o Twitter também recomenda que o usuário considere trocar também as senhas de acesso a outros sites, caso utilize o mesmo padrão de senha para diferentes redes ou serviços.

A rede social afirmou que uma investigação interna não encontrou nenhuma indicação de que as senhas foram roubadas ou que tenha havido algum tipo de mau uso por pessoas de dentro da empresa.

Ainda assim, pediu a todos os usuários que considerem a alteração de suas senhas "com muita cautela".

O que foi a falha no Twitter
De acordo com a empresa, um bug fez com que o sistema armazenasse as senhas sem as "máscaras" em um local dentro do servidor. A "máscara" é uma tecnologia que esconde determinados dados, como a senha, inclusive para quem opera o sistema.

Como as senhas ficaram à vista de qualquer um que entrasse no sistema do Twitter, a empresa pediu que os usuários troquem as senhas.

Na própria rede social, a conta de suporte do Twitter publicou o seguinte aviso: "Recentemente, descobrimos um bug que armazenava senhas desmascaradas em um log interno. Corrigimos o bug e não temos indicação de violação ou uso indevido por ninguém. Como precaução, considere alterar sua senha em todos os serviços em que você usou essa senha."
Compartilhe:

Tecnologia