PREFEITURA ENTREGA CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL


O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Mirante do Paranapanema, situado na Rua Dr. Noboru Kasae, no Centro do município, foi entregue durante solenidade realizada nessa terça-feira (21), com a presença do prefeito Átila Dourado, secretários municipais, vereadores e populares. Na ocasião, também foi apresentada à população toda a equipe do Centro.

Durante a solenidade de inauguração, que contou com apresentações musicais do Projeto Guri, a secretária municipal de Assistência Social, Sueli Fernandes de Assis, declarou “O CRAS estruturasse como porta de entrada dos usuários da política de assistência social para a rede de Proteção Básica e referência para encaminhamentos para demais políticas públicas”. 

Segundo a assistente social, Maira Priscila Escarelli, os trabalhos começarão pela acolhida, acompanhamento familiar, visita domiciliares, encaminhamento e articulação com a rede do município, busca proativa e espontânea, atendimento psicossocial, palestras socioeducativas, oficina geração trabalho e renda, grupo de convivência para idoso, família, gestante, criança e adolescentes. “Isso foi um ganho para o nosso município na área assistencial, e estamos aqui para atender as famílias de modo geral”, disse.

O prefeito de Mirante, Átila Dourado, destaca a importância do Novo Centro. “Só Mirante e mais uma cidade que não tinha o CRAS no estado de São Paulo, felizmente nós não fazemos mais parte dessa estatística. Nosso próximo passo será o CRAS volante para dar uma assistência melhor também na Zona Rural. Esse é um grande passo em uma região tão carente e que precisa de tanta assistência nesta área social ”, comenta.

O CRAS é uma unidade de proteção social básica do Sistema Único de Assistência Social, que tem por objetivo prevenir a ocorrência de situações de vulnerabilidade e riscos sociais nos territórios, por meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisições, do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, e da ampliação do acesso aos direitos de cidadania.

O Centro tem como público prioritário em suas ações os beneficiários de algum benefício da assistência social, como por exemplo, o Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada (BPC) ou outros benefícios da Assistência Social, ou ainda famílias em situação de vulnerabilidade social devido a fragilização dos vínculos familiares ou com a comunidade.


Compartilhe no Google Plus